sexta-feira, 20 de junho de 2008

Banheiros

As pessoas me perguntam como tem sido minha gravidez e tal, se eu enjoei, se tive desejos.
Bom, esse negócio de desejos muito loucos... pra mim é lenda, ou charme da mãe. Eu fico com vontade de comer quase tudo o que vejo ou sinto o cheiro, mas sem estar grávida já sou assim! Hehehehe. Mas não tive nenhum desejo extraordinário, coisa desse tipo. No início da gravidez tive pouquíssimo enjôo, vomitei uma ou duas vezes escovando os dentes, meu olfato ficou bem mais aguçado, mas não enjoei de nenhuma comida. Fiquei muito cansada e com muito sono, mais do que o normal! Mas só no começo.
Tirando as minhas nóias e preocupações do início, minha gravidez tem sido bem tranqüila.

Agora, algo inédito que me aconteceu nessa fase: eu passei a ter medo de ficar presa nos banheiros dos lugares!
No dia do aniversário do Duca eu fiquei presa no banheiro de um Fran’s. A fechadura travou e eu fiquei apavorada. Tava frio, eu tava de cachecol, comecei a sentir muuuito calor, tirei o cachecol, desabotoei o vestido, tentei abrir de novo e nada, comecei a bater na porta que nem louca! Hehehehe. Aí veio alguém e disse que ia ver se tinha chave pra abrir por fora. Não tinha. Aí começaram a tentar tirar a porta. O banheiro era todo, mas todo fechado. Eu comecei a pensar em quanto tempo ia ficar lá, que eu tava com fome e não dava pra passar nenhuma comida por fresta nenhuma... hahaha. Detalhe que eu já tava há muito tempo no banheiro e o Duca e a Bell estavam na mesa e ninguém foi ver o que tava acontecendo comigo!!! Pois é, eu tive que pedir pro moço que tava do outro lado da porta avisar meu marido! Aí ele foi lá e começou a rir da minha situação! Aí chegou o Sushi e perguntou o que o Duca tava fazendo ali... hahaha. Foi quando alguém disse que o negócinho da fechadura não tava mostrando que tava “ocupado” e depois de já ter quase quebrado o fecho, de ter empurrado, de ter inchado meus dedos, de quase terem arrancado a porta, de eu ter imaginado alguém abrindo um buraco na porta com uma serra elétrica... eu girei o negócinho pro outro lado e a porta abriu...
Pois é! Acho que a porta realmente travou, mas não por completo. O pânico que me deu na hora é que me impediu de pensar! Eu já fui lá de novo e evitei usar o banheiro. Uma vez eu tive que usar e tentei vencer o meu medo, mas levei meu celular junto. Não consegui, voltei pra mesa e pedi pro Duca ir comigo e ficar na porta. Hehehehe.
Agora, quando tenho que usar algum banheiro que não é o de casa, eu tento lembrar de estar com meu celular e de testar a trava antes.

Sábado os meninos foram tocar na Marcha em Osasco e o palco era do lado de um shopping. Nós fomos ao banheiro do shopping e tava cheio de gente, aí a moça que cuidava de lá, toda gentil, abriu um banheiro de deficientes para a grávida aqui. Na hora que eu fui sair... a porta não abria! Quando eu comecei a tentar abrir com mais ímpeto a moça viu e disse para eu soltar que ela ia abrir por fora, porque aquela porta estava com problema. Ufa! Não deu tempo de eu começar a entrar em pânico, mas porque ela não me avisou antes?!
Vocês pensam que acabou? Não!!!
Nesta fase final da gravidez a barriga tá grande e o peso do útero faz muita pressão na bexiga, então a gente tem muita vontade de ir ao banheiro, mesmo sem precisar... É difícil não usar os banheiros por aí.

Ontem, depois de comer, fui sem medo! Nem lembrei de celular nem nada! Na hora de sair, a porta trava... Eu já pensei “não, de novo não! É coisa da minha cabeça...” Aí comecei a ficar com muito calor e tirei o cachecol, respirei, tentei pensar, tentei abrir de novo. Essa porta não era toda fechada, era daquelas de divisórias, tipo de shopping. Eu pisei no vaso e vi que não ia conseguir pular, não na minha condição. Isso foi o máximo que consegui pensar. Não pensei que podia esperar alguém entrar para eu pedir ajuda... Pisando no vaso, segurei a porta por cima e comecei a balançar pra ver se a porta abria. Eu fiz tanta força que não imagino como... mas não apenas a porta da divisória onde eu tava se separou, mas a do lado também. Nisso um homem abriu a porta do banheiro, eu segurando as portas, olhei pra ele, aí a divisória do meio começou a cair também... Eu destruí o banheiro! Ficaram os dois vasos lá aparecendo! Acho que eu tava em choque, expliquei que a porta tinha travado e comecei a rir muito. Aí ele foi segurar e colocar no chão as divisórias e só então eu vi as minhas mãos sangrando! Lavei achando que não era nada, aí continuou saindo sangue, então peguei papel pra ficar secando.
Eu já tava achando que eu sou louca, quando o moço que me acudiu (ele tava limpando um negócio na frente dos banheiros, por isso ele ouviu o barulhão que eu fiz) disse que ele mesmo tinha ficado preso na banheiro masculino, mas ele pulou e depois abriu a porta com uma faca. Ufa! Então eu não tô louca, não fui só eu! Aí chegou uma pessoa que devia ser o dono ou gerente do lugar, viu o estrago, o moço explicou que eu tinha ficado presa e quebrei tentando sair, eu pedi desculpas e tal, mas o dono ou gerente não falou nada e saiu sem olhar pra mim! Achei estranho, porque os funcionários de lá são tão educados, mas tudo bem...
Voltei pra mesa e contei pro Duca rindo, mas ele não achou graça da minha situação, acho que ele ficou preocupado... hehehe. Ainda bem que eu tinha band-aid na bolsa, o Duca colocou pra mim porque eu tava tremendo!!! Aí ele ficou bravo por eu ter pedido desculpas pro cara, ele disse que o dono ou gerente ou sei lá o quê que devia me pedir desculpas por eu ter ficado presa e me machucado.
Bom, o que eu tenho a dizer pra vocês é que essas fechaduras de girar, que mostram “livre” ou “ocupado” são muito perigosas! Elas vão ficando velhas e emperram. E olha que as desse restaurante eram novinhas! Se vocês tiverem algum estabelecimento, por favor coloquem aquelas portas mais novas, que tem nos shoppings novos, aquelas de fechadura grande de plástico que são de empurrar, sabem?
Eu pelo menos acho que não vou mais fechar as portas, vou ficar segurando, isso sim!

5 comentários:

Carla disse...

Eu nao paro de rir com esta sua historia... nunca vi isso meu Deus!!!!!

Por favor, pendure o celular no pescoco.rssssssssss

beijao

Adorart disse...

Oieeee

Nossa que situaçao hehehehehe

Achei muito interessante seu blog o achei no da Iana

Espero q visita o meu fiz alguns dias

Uma Abraço

Dedicado a Teca disse...

Oi Teca! Poxa então eu peço disculpas por ter publicado as suas fotos. Eu pensei que você tinha deixado aberto porque queria. Me disculpe mesmo, não foi de propósito.Queria te dizer que de coração eu amo muito vocês e peço a Deus que ele continue abençoe a união linda sua e do Duca e com essa nova integrante da familia, ela é linda e perfeita! Obrigada Senhor! Beijos Teca:)

Lica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Ester..rs.. me matei de rir com a estória da fechadura.. fiquei imaginando vc destruindo tdssss!!! rsss;; Bjs Ro da Pós FMU.